Uma Playlist Para Se Apaixonar, Chorar ou Sofrer, Você Que Escolhe.




Afinal de contas, músicas melhoram ou pioram nossa atual situação? Não sei você, mas eu amo ouvir palavras cantadas com o poder de me fazer viajar quilômetros de distância, ou somente alguns quarteirões, até chegar ao seu bairro. Gosto de ouvir outras pessoas e pensar na sensação que aquela música me causa, e todas as lembranças que tenho dela com você.


“Somewhere Only We Know”, da banda Keane, me faz pensar em como sua expressão facial muda toda vez que ela costumava tocar em nossos celulares e “My My My!”, do Troye Sivan, na versão acústica, me faz lembrar de você dançando com os olhos fechados no pé do meu apartamento depois de me acompanhar até em casa desde a faculdade. Memórias distantes que são tão presentes graças as declarações cantadas por inúmeros românticos incuráveis. Assim como eu e você.

Logo, compartilho com vocês, Fantasma Literário e Mundo, todas as músicas que cruzaram meu caminho nessa minha caminhada torta e me marcaram de uma maneira inenarrável, e todas as outras que fazem seu nome ecoar em minha mente. Espero que saiba que são todas para você.

https://open.spotify.com/user/isabellimarinoff/playlist/0nwUnTMCzRfV5NjWDNKraR?si=dIr3yIO2RzW3_w86mFf4IQ

Não Se Enrola, Não por Isabela Freitas



Sabe aqueles livros que lemos em uma tarde e fazem com que nós, meros mortais leitores, desejamos ser o amigo confidente da autora para saber os detalhes de como aquela história nasceu? Foi o que aconteceu comigo.

“Não Se Enrola, Não.” é muito mais sobre mim do que a própria personagem, na verdade. O que vocês não sabem é que a autora, de mesmo nome da protagonista, Isabela Freitas, deu uma de Taylor Swift e roubou meu diário para ficar famosa, porque esse livro é MEU! Dividimos muito mais do que boa parte do nome, uma vez que eu me chamo Isabelli, e compartilhamos também o mesmo curso de faculdade, mesmo sonho, mesmo gosto musical, gosto literário e ainda o péssimo hábito de nos apaixonarmos pelo melhor amigo. Aliás, melhor amigo, espero que não esteja lendo isso.

A história me ganha quando a protagonista, na segunda página, diz que caiu fora do curso de Direito que cursava em sua cidade pequena, Juiz de Fora/MG, para trabalhar na editora Zureta, em São Paulo, pois haviam a descoberto por meio de seu blog pessoal. Ah, as aventuras a partir daí são animadas! Rolês pela Paulista, amassos com seu melhor amigo sem compromisso nenhum e todas as novidades em ter seu próprio apartamento com 24 anos invadiram as páginas e preencheram minha madrugada conforme a história se desenrola, e claro, as risadas vieram junto.

Bom, seria hilário se não fosse trágico, na verdade! Rá! Durante a história temos um discurso sobre respeito, confiança, cumplicidade, diálogo e admiração pelo ponto de vista de uma jovem adulta com baixa autoestima, que se vê no meio do olho de um furacão ao ser obrigada a lidar com dificuldades no trabalho, saudades a família e amigos que precisou deixar para trás, e ter que suprimir seus sentimentos pelo seu melhor amigo, Pedro, que também é seu vizinho e ombro apoio para derramar lágrimas desde que tinha 19 anos.

O livro chega a ser comovente, pois quando nos deparamos com uma menina abarrotada de sentimentos e obrigações, que não parece conseguir sair de sua própria espiral, questionando tanto sobre as consequências de amar e ser amado, percebemos que o drama do amor é só isso mesmo: um drama, um chilique que você não se dá ao luxo de sentir mais, mas nunca de fato muda. Mesmo assim, amei ver a criança besta e o sapo simpático que a Isabela é em meio ao seu caos pessoal, e a mensagem transmitida de que com os amigos, mesmo aqueles que pegam suas roupas novinhas emprestadas e não devolvem, tudo melhora e se simplifica.

Entretanto, mesmo com todas as risadas, senti falta de algumas coisas na obra. Queria que o livro fosse maior, ou então que os personagens fossem um pouco mais desenvolvidos. Por exemplo, tudo que eu sei do Pedro é que ele é cantor, um cara sem esperanças quando falamos do amor, melhor amigo da Isabela e ama chama-la de Branquela, ou a falta de informações da Amanda, a outra melhor amiga da Isa, e do Bruno, colega de trabalho desta. Assim, todos estes detalhes importantes dos personagens que fluem com a obra fizeram muita falta para unir ainda mais o leitor com o enredo.

Gostaria de ter um background dos personagens de forma um pouco mais sólida, mas isso não torna a escrita da autora menos gostosa de ler, muito menos faz com que não valha a pena ler a história! O romance ainda deixa a gente rindo à toa, e o Pedro ainda nos arranca suspiros quando se refere à Isabela como “Branquela”, então, definitivamente vou ler o resto da série, publicada pela editora Intrínseca.

No fim das contas, amei cada segundo lendo o livro de 174 páginas, e ainda fui bem induzida a puxar ele da estante da livraria, já que a capa chama atenção do público alvo na hora de comprar, e o formato do livro é gostoso de segurar e fácil de levar para os lugares, ou seja: Sem desculpas para deixar esse livreto passar em branco! Sendo assim, “Não Se Enrola, Não.” ganha 4 estrelas na minha categoria de Livros Para Ler Em Um Dia do meu diário literário!

Espero que te anime a ler, curtir e rir também! Beijo do Fantasma!

Você precisa ver um show ao vivo

Imagem relacionada


Acredito realmente que todas as pessoas do mundo merecem ir a algum show pelo menos uma vez na vida. Não importa qual é o cantor, cantora ou banda. Basta estar presente. 

A Bela e a Fera | BOOKTAG

Resultado de imagem para a bela e a fera desenho

Vi essa tag no blog Apenas Leite e Pimenta, e não quis perder a oportunidade de respondê-la, considerando o amor pela Bela - a princesa mais parecida conosco, meros amantes de livros.

Um Milhão de Finais Felizes | Vitor Martins


Eu tenho certeza de que, mesmo passando por tanta coisa ruim na vida, você ainda guarda um milhão de finais felizes aí dentro. 

Posso oficialmente dizer, após ler o segundo livro dele, que Vitor Martins é um escritor e ser humano maravilhoso. Obrigada, Globo Alt. Continue publicando tudo que esse jovem tiver para oferecer.


Você | NETFLIX

Quando Guinevere Beck entra na livraria do Sr. Mooney procurando por um livro de Paula Fox, ela pode dizer adeus para a vida com a qual está acostumada. A partir desse momento em diante, Joe Goldberg, gerente do lugar, fica obcecado com a mulher e passa a seguir todos os seus passos com um olhar atento e completamente invasivo.


12 Livros Para 2019


Hoje, divido com vocês 12 livros que separei para serem lidos ao longo do ano. Sei que normalmente essa meta é pensada em ler um desses livros em cada mês, mas não é necessariamente esse o caso aqui. Felizmente, eles estão dentro da minha lista de não lidos, então estou cumprindo a meta de não comprar nada novo até acabá-los!
Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo