"Surpreendente" by Maurício Gomyde

14:04:00


É seguro dizer que o título do livro fala pela obra em si. Quando comprei "Surpreendente", foi graças às críticas maravilhosas que eu via a respeito dele em todo lugar - resenhas em blogs, postagens no Instagram.
Essa é mais uma delas.


[...]
Aos 25 anos, recém-formado, Pedro está convencido de que é um sujeito muito especial, que tem a missão de usar o cinema como instrumento para melhorar o mundo. Diagnosticado na adolescência com uma doença degenerativa que o condenaria à cegueira, ele contraria a lógica da medicina quando a perda de sua visão estaciona de forma inexplicável. Enquanto comanda o último cineclube de São Paulo e trabalha em uma videolocadora da periferia, Pedro planeja seu próximo filme, a obra que vai consagrá-lo. E, para animar as coisas, conhece a intrigante Cristal, uma ruivinha decidida, garçonete e estudante de física nuclear, que mexe com seu coração.
A perspectiva idealista de Pedro, porém, sofre sérios abalos. Atormentado por um segredo, ele parte com os amigos Fit, Mayla e Cristal numa longa viagem até Pirenópolis, em Goiás, a bordo de um Opala envenenado. Com câmeras nas mãos e espírito de aventura, a equipe técnica improvisada está disposta a usar toda a sua criatividade na filmagem feita na estrada ao sabor de encontros inesperados e de sentimentos imprevisíveis. E o jovem cineasta descobre que, quando o destino foge do script, nada supera o apoio de grandes amigos.
[...]


Na maioria das vezes, livros nacionais são negligenciados por blogueiros ou amantes da literatura por inúmeros motivos, o que é um pecado, mas me incluo no meio. Um dos motivos para não termos muita vontade de ler pode ser por achar que ele não será tão interessante quanto os internacionais. Fico feliz em dizer que essa obra de Maurício Gomyde é uma bela exceção. 


Pedro é um sonhador diretor de cinema, apaixonado por criar coisas novas e intensas que vão mudar o dia e a vida de alguém. Uma doença degenerativa em sua visão pode atrapalhar muitas coisas no processo criativo e na vida no geral, mas nada o impedia de sonhar e ir atrás de seu sonho, o prêmio Cacau de Ouro. 


Cristal é ruiva dos olhos verdes, uma física nuclear dirigindo uma scooter que jurava que não explodiria um quarteirão inteiro.
Embora as personalidades dos dois fossem bem distintas, seus diálogos sempre foram muito interessantes e a conexão entre eles foi linda. Irônicos e sonhadores em uma medida maravilhosa.

Aliás, dou destaque aqui a todos os diálogos e personagens da história - todos, sem exceção, foram muito bem construídos, e a leitura flui maravilhosamente fácil.

Mayra, a garota mais criativa da região, e Fit, sempre com referências a todos os tipos de desenhos animados, completam o quarteto principal que aparece ao longo da história. 


Antes de chegar à decisão sobre o que o mais novo filme vencedor seria, Pedro desistiu de um projeto e precisou que uma notícia ruim o inspirasse. Tudo o que ele queria era uma segunda chance. E quando a teve, foi a fundo nela. 


Mais uma vez temos uma obra que reforça o poder que uma grande amizade tem na vida das pessoas, onde Fit, Cristal e Mayra seguem uma viagem maluca com Pedro para gravar seu filme sobre CHANCE.

Seguindo uma trilha nada convencional dirigindo uma lata velha com seus 3 amigos malucos, ele se mostra acima de tudo, humano. Houveram momentos lindíssimos entre os amigos, onde nenhum deles questionava os motivos reais daquela viagem, confiando lealmente e desejando apenas a felicidade do amigo que escondia suas preocupações com uma piora em sua saúde. 


Achei interessante ver como Pedro aproveitou sua "segunda chance" com tanta bondade, tanto prazer. Ao invés de sentir-se melancólico e injustiçado, lutava diariamente para trazer felicidade tanto para pessoas próximas quanto para completos estranhos, o que é incrível. E, quando as sensações ruins finalmente decidem tomar conta dele, mais uma vez vem a minha cabeça a ideia de como ele é humano e real. 


A família tem um papel muito importante na história, tanto os pais de Pedro - divorciados recentemente e com um segredo importante que ele descobre ao longo da trama - quanto a família unida, alegre e maluca de Cristal. A avó de Pedro é a responsável por uma grande descoberta, e foi dela que ele ganhou o presente mais especial.


Uma das coisas que mais gostei foi a tentativa de Pedro e Mayra de manter vivo o "cineclube", uma espécie de cinema no subsolo do restaurante da tia de Mayra onde ele escolhia um filme e o mostrava para quem quer que aparecesse, comentando sobre a obra antes e depois. 


Sempre usando seu colar de olho turco, mesmo que sua fé tenha se abalado em certos momentos e o inevitável em sua saúde tenha acontecido, vale muito a pena conhecer essa história que nos ensina que as coisas podem ser boas, mesmo que pareçam não ser, e sempre teremos uma CHANCE.
E, quando essa CHANCE no sentido ruim passa para o bom sentido, não há nada mais a temer.

You Might Also Like

12 comentários

  1. Achei impactante a citação que você escolheu para abrir a resenha! Ainda não li nada do Mauricio, sua resenha me fez ficar com vontade, adoro leituras que fluem e com bons diálogos e que estimulam o leitor a seguir em frente mesmo com dificuldades afinal a vida é assim difícil e coisas ruins acontecem, mas uma chance boa sempre pode aparecer néh?!?!

    Jaci
    O Que Tem Na Nossa Estante

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu comprei esse livro recentemente, mas ainda não sei quando irei iniciar a leitura.
    Já li muitas críticas positivas a respeito do livro e do Maurício Gomyde.
    Acho a capa linda e o olho turco acabou tornando-se um símbolo para o livro na minha opinião.

    Abraço e boas festas!
    Tudo Online

    ResponderExcluir
  3. Oi Carol!
    Sempre vejo elogios ao Gomyde. Acho que é um dos poucos autores que quebra isso que você falou de que vemos poucos livros nacionais sendo resenhados (o que realmente é uma pena).
    Nunca li nada dele, mas Surpreendente é a obra que mais me atrai (principalmente por essa abordagem de cinema).
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Faz tempo que eu namoro esse livro mas ainda não li. Parabéns pelo blog, é lindo!
    bjs

    Amor por Livros

    ResponderExcluir
  5. Oi, Carolina!
    Não conhecia esse livro, mas gostei muito da premissa dele e da sua resenha também. Confesso que também acabo lendo muito mais internacionais do que nacionais, mas estou tentando mudar esse hábito! Beijinhos, Beatriz.

    O Diário de uma Escritora Iniciante

    ResponderExcluir
  6. Oi Carol!
    Tô doida pra ler esse livro! Já tenho ele a alguns meses e toda vez fico adiando a leitura!
    Pretendo ler mais autores nacionais em 2017!
    Beijos!!!

    www.lendo1bomlivro.com.br
    @lendo1bomlivro

    ResponderExcluir
  7. Oie
    Sou suspeita em falar, já todos os livros do Mauricio, sou fã dele. Amo tudo que ele escreve, e este foi mais um que amei.

    Beijinhos
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Carol, tudo bem?

    Só leio críticas maravilhosas sobre esse livro e minha curiosidade só aumenta. Faz alguns meses que comprei o livro em uma promoção e já acho que vou fazê-lo pular a fila. Sua resenha me enccantou, me vi presa na história e quero saber o que o Pedro fez com a sua segunda chance!
    PS: estou seguindo seu blog *-*

    Beijos,

    Gnoma Leitora

    ResponderExcluir
  9. Olá! Eu não conhecia o autor mas estou maravilhosa pelo enredo que ele trouxe. A escrita é de forma tocante, que trata de assuntos que geralmente não vemos em livros. Eu tenho certeza que iria me emocionar muito com essa leitura.
    Simplesmente amei!
    Beijo, Leitora Encantada
    Participe do Sorteio de Natal, ainda dá tempo!

    ResponderExcluir
  10. Oi! Li outros do autor e curti, espero que este seja também uma boa surpresa.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  11. Olá,
    Já tinha visto esse livro antes, sempre vejo elogios quando se trata dele.
    A premissa é bem interessante.
    Dica anotada aqui.
    Bjs
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  12. Conheci seu blog hoje e estou apaixonada! Ele é lindo! Esse template limpo, sem um monte de coisa fica bem melhor para ler! Sério, amei!

    Também tenho um blog literário! Iria adorar se você pudesse conhecê-lo e quem sabe, se gostar, seguir de volta, não é?

    http://www.magiaesonhar.com.br/

    ResponderExcluir

Popular Posts

Like us on Facebook

Flickr Images